Os antigos baianos

Estudos arqueológicos indicam que o território baiano é habitado há pelo menos 11 mil ou 12 mil anos. Existem sítios arqueológicos espalhados em várias partes da Bahia.

Grande parte dos aborígenes do litoral baiano entrou em contato com a civilização europeia no século 16. Outra parte, nos séculos 17 e 18.

Mais: Brasil Indígena 

Arqueologia no Brasil e no mundo 

Investigação arqueológica no Sítio arqueológico Terravista, Porto Seguro, coordenado pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Foto do Acervo – Centro de Referência em Patrimônio e Pesquisa).

Acima, inscrições rupestres em sítio arqueológico da Chapada Diamantina. A Bahia possui vários desse sítios localizados nos municípios de Iraquara, Santa Brígida, Morro do Chapéu, Palmeiras, Seabra, Lençóis e outros.

À direita, chefe camacã mongoió, em ilustração de Debret, de 1834. Os camacãs eram um povo guerreiro que habitavam parte do sul da Bahia e áreas do sudeste do Brasil.