Reviews

Galaxy Watch 5 Pro: novo modelo surge em rumor com bateria ainda maior

Atualização (08/04/22) – JB

A Samsung realmente pode estar trabalhando em um Galaxy Watch 5 Pro. A informação foi reforçada por diversas fontes nesta semana, sendo que esse dispositivo supostamente traz a numeração SM-R925.

A maior diferença desse protótipo para os Galaxy Watch 5 e 5 Classic será o tamanho da bateria, uma vez que estamos falando de um componente de 572 mAh de capacidade.

Isso representa um aumento de 60% no tamanho da bateria, uma vez que atualmente o Galaxy Watch 4 maior tem 361 mAh.

Teoricamente, essa melhoria deve fazer o Galaxy Watch 5 Pro recompensar a baixa autonomia do atual Galaxy Watch 4, alguma coisa que é fruto da mudança do Tizen para o Wear OS do Google.

Outra novidade que pode estar presente nos relógios deste ano é o recurso que permite medir a temperatura corporal do usuário.

Por enquanto, a Samsung permanece em silêncio sobre os constantes vazamentos.

Atualização (31/03/2022) – EB

Galaxy Watch 5 com bateria ainda maior e sensor de temperatura pode ser lançado ainda em 2022

Documentações já apontaram que o Galaxy Watch 5 deve ter uma bateria maior. Nesta ocasião, o protótipo citado foi o SM-R900 e hoje o SM-R910 foi identificado no banco de dados da Safety Korea. Segundo o SamMobile, esta deve ser a versão de 44mm do Galaxy Watch 5 e deve ter uma bateria ainda maior.

A documentação indica que o Galaxy Watch 5 de 44mm identificado porquê EB-BR910ABY deve ter uma bateria de 397mAh, ou seja, 36mAh a mais do que a versão atual do Galaxy Watch 4 com 361mAh.

Dessa forma, podemos supor que a Samsung esteja se esforçando para aumentar a autonomia da bateria em seus relógios inteligentes com Wear OS, finalmente os modelos atuais necessitam ser carregados quase todo dia na maioria das vezes.

Espera-se que a novidade geração de relógios inteligentes da Samsung seja oficializada no segundo semestre de 2022 com mais capacidade para seus sensores, incluindo a possibilidade de detectar a temperatura corporal, o que seria um diferencial interessante em relação ao Galaxy Watch 4, que já faz estudo de elaboração corporal, ECG e nível de oxigenação do sangue.

Sendo assim, o Galaxy Watch 5 pode ser uma ótima opção para monitorar a saúde, finalmente muitas doenças porquê a Covid-19 causam febre e baixa saturação de oxigênio no sangue, logo o smartwatch pode avisar o usuário para procurar auxílio médico caso os sintomas persistam por muito tempo.

Atualização (14/03/2022) – MR

Galaxy Watch 5 aparece em órgão regulatório com bateria maior e deve incorporar um termômetro

A Samsung vem se preparando para apresentar grandes lançamentos em 2022. Nessa semana, a companhia apresentará oficialmente a traço Galaxy A, sua novidade traço de intermediários.

Outro resultado aguardado pelos fãs é a novidade geração do Galaxy Watch, que apareceu em um órgão regulatório com uma melhoria em verificação ao seu predecessor.

O Galaxy Watch 5 apareceu em um órgão regulatório com uma capacidade de bateria maior do que a encontrada na quarta geração com 40 mm. O protótipo SM-R900 possui uma unidade de força com código EB-BR900ABY.

Ela é registrada com 276 mAh, enquanto o Galaxy Watch 4 de 40 mm possui uma unidade de bateria de 247 mAh. Isso é um bom sinal que a Samsung deve aumentar a capacidade de força de todos os produtos da novidade geração do Galaxy Watch.

Um rumor anterior sugeriu que o Galaxy Watch 5 deve estrear a ser produzido em tamanho no terceiro trimestre desse ano e deve ser revelado de forma solene entre agosto ou setembro. Há também especulações que a nova geração do dispositivo deve incorporar um termômetro, ampliando os recursos para monitoramento da saúde do aparelho.

Mais detalhes sobre a novidade traço surgirão nas próximas semanas.

Recentemente, o Samsung Galaxy A53 5G passou por unboxing e teve detalhes revelados.

Texto original – 10/03/2022

Entre as várias funções que os smartwatch oferecem, o próximo protótipo da Samsung deverá oferecer um termômetro. A asserção vem do portal sul-coreano ETNews, que descreve a presença do recurso no Galaxy Watch 5, inclusive porquê uma forma de detectar os primeiros sinais de Covid-19 e outras doenças que provocam febre, muito porquê, no caso das mulheres, ajudar a rastrear os ciclos de ovulação.

Nascente não será o primeiro vestível a incorporar a tecnologia, mas aparentemente o sensor simples no aparelho, já que a temperatura da pele no pulso é influenciada por fatores externos, porquê a luz solar, o que torna a leitura imprecisa.


O portal informa ainda que a Samsung está buscando a solução para o problema a partir de um protótipo de Galaxy Buds que usa sensor infravermelho no tímpano para medir a temperatura, e que pode se tornar uma tecnologia presente tanto no smartwatch quanto no par de fones.

Os Galaxy Watch 5 são esperados para agosto, um ano depois o lançamento do Watch 4, que introduziu sensor de eletrocardiograma, por exemplo.

Veja tambm!

Source: tudocelular.com

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo