A Igreja de São Francisco, no Centro Histórico de Salvador.

Interior da Igreja, todo em talha em ouro, ricamente decorado

Os franciscanos foram os primeiros missionários do Brasil. Realizaram as primeiras missas em Porto Seguro, onde foi construída a Igreja de São Francisco de Assis do Outeiro da Glória, em 1503, a primeira igreja do Brasil. O primitivo povoado de Porto Seguro, o primeiro do Brasil com a participação de europeus, contava com dois padres franciscanos e foi massacrado pelos índios em 1505.

Em 1584, com o Brasil sob domínio espanhol, foi instituída a Custódia de Santo Antônio do Brasil, com autorização para fundar conventos no Brasil. Os franciscanos desembarcaram em Recife, em abril de 1585, e, no mesmo ano, fundaram, em Olinda, o Convento de Nossa Senhora das Neves.

O segundo convento franciscano foi fundado em Salvador, em 1587. A primeira Igreja de São Francisco, na Cidade, começou a ser construída, no mesmo ano, pelo frei Antônio da Ilha. Era uma pequena e modesta capela. Quatro anos depois foram iniciadas as obras de um convento próximo.

O convento atual foi construído a partir de 1686. Em 1708, começou a construção da igreja atual, em estilo barroco, concluída 40 anos depois.

O interior da Igreja é de uma beleza rara, todo em uma deslumbrante talha dourada e imagens policromadas de mestres santeiros baianos, obras primas da arte sacra. Tem bastante jacarandá esculpido e duas pias de pedra, doadas por D. João V, rei de Portugal. Também de grande beleza são os púlpitos e o teto, com várias pinturas sacras. Os grandes painéis de azulejos são do século 18 e retratam passagens bíblicas,

Ainda de grande valor artístico, são as imagens de São Pedro de Alcântara, São Benedito, São José, Coração de Jesus, Santo Antônio e São Francisco de Assis no altar-mor. No lado esquerdo, destacam-se as imagens de N. S. da Conceição, N. S. da Glória, N. S. da Piedade, N. S. de Santana, Santa Luzia e São Domingos.

Mais: Igreja da Ordem 3ª. de São Francisco 

Acima, o majestoso altar-mor da Igreja, em talha dourada, e o conjunto escultórico A visão de São Francisco, do escultor baiano Pedro Ferreira.

Embaixo, o teto do templo (clique para ampliar).